• Tadeu Veiga

O Empreendedor, o Rei e o Arquiteto


Visitando o castelo de Neuschwanstein comecei a reparar na localização e na dificuldade que deve ter sido construir aquele castelo sobre pedras e encostas praticamente verticais.

Então comentei com meu amigo:

-- Que ideia estúpida construir um castelo aqui! Deve ter sido muito difícil, deve ter custado muito dinheiro, muito tempo e muitas vidas! Não sei se valeu a pena.

-- Claro que valeu a pena! Olha o resultado final! Além disso ele construiu este castelo para sua amada. Escolheu o ponto com a melhor vista da região. Ficou fantástico e até hoje milhares de pessoas vem aqui só para ver a sua obra.

--Mas eu questiono é a ideia de escolher bem aqui, neste local que até hoje é de difícil acesso, imagina naquela época ter que construir um castelo desta magnitude com esta qualidade. Isto foi loucura.

--Você está dizendo isso porque não tem a visão do Rei

-- Como assim?

-- Quando você é Rei não precisa pensar nestas coisas. Você chega aqui por exemplo e fala: Quero um castelo aqui.

-- E se o arquiteto falar que não dá para construir aqui?

-- Muito fácil.... mate o arquiteto!

-- E ele deve ter matado quantos então?

-- Só um, porque ao chamar o segundo ele deve der dito mais ou menos assim: Eu quero um castelo aqui, o seu antecessor, o falecido arquiteto Hermann, que Deus o tenha, disse que seria impossível. Ele disse isso antes de cair deste penhasco atrás de você. O que você acha?

E aqui está o castelo...

Então, qual a diferença entre este Rei, o Arquiteto e o Empreendedor?

Este tipo de Rei tem o poder e pode tomar decisões que afetam os outros. Tem a visão e luta para que os demais construam sua visão. Mas na verdade não põe a mão na massa e manda os súditos ralarem. Os resultados são ótimos mas a que custo?

Por outro lado, o arquiteto desta história não compartilha o sonho nem a visão do Rei, portanto deve ter tido uma vida infeliz trabalhando duro para construir o sonho de outra pessoa. Será que ele tinha escolha? Talvez fosse importante ser o arquiteto Real.....

O empreendedor tem a visão do rei, enxerga o castelo, escolhe o local e avalia os problemas sob a ótica do arquiteto. Porque na verdade, é ele que vai ralar do início ao fim.

Nem todos são Rei, nem todos são arquitetos, nem todos são empreendedores.

Se você tiver apenas a visão do Rei, não vai conseguir muitos colaboradores comprometidos.

Se tiver apenas a visão do arquiteto, provavelmente vai optar para construir o sonho e a visão de reis.

Se encarar ser empreendedor, vai construir castelos em encostas íngremes e de difícil acesso, mas os resultados serão fantásticos. Principalmente porque muitos desistirão no meio do caminho, muitos não conseguirão chegar ao final por diversos problemas.

Por isso admiramos empreendedores e seus castelos.

14 visualizações0 comentário